Caroline Caetano | Foliculite
15577
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-15577,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,columns-4,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive
 

Foliculite

É uma inflamação no folículo capilar (lugar onde nasce o pelo). Esta inflamação normalmente ocorre após uma tentativa do pelo “sair para fora da pele e não conseguir”.

A origem do problema se encontra em pequenos atos, que passam despercebidos e são comumente realizados no dia-a-dia. Fatores como o atrito das roupas, depilação por lâmina ou cera e qualquer outra situação onde seja gerado um espessamento superficial da pele fazem com que o pelo não consiga crescer naturalmente e fique preso dentro do folículo. Também existe a possibilidade de uma contaminação por bactérias ou fungos que possam gerar esse espessamento.

Não existe um padrão específico de pessoas que podem adquirir a foliculite, embora pessoas da raça negra ou asiática possam desenvolver uma tendência maior do que as outras. Por terem uma produção maior de colágeno, podem ter uma pele mais espessa, aumentando as chances do aparecimento dessa enfermidade.

Tratamento
Peelings quimicos e físicos são utilizados no tratamento para promover o afinamento da pele e prevenir a foliculite, ocasionando em conjunto o clareamento da região, que geralmente possui manchas pós-inflamatórias.

Atualmente o tratamento mais recomendado é a depilação a laser, que literalmente acaba com o mal pele raiz: sem pelos, sem foliculite!